Seekr Blog

A Seekr, assim como você, ama ficar ligada nas principais tendências das
redes sociais e aqui você encontra conteúdos sobre
relacionamento, monitoramento e atendimento nas mídias sociais.

Monitoramento Facebook – Não é o fim!

Monitoramento - Publicado em 27 de Março de 2015

O burburinho sobre a mudança da API no Facebook já está rolando há pelo menos um ano. Neste mesmo período, estudamos soluções e aguardamos a confirmação de cada mudança para não nos anteciparmos com informações inexatas e assim, passar detalhes confirmados referentes a API 2.0 e suas extensões.

O que muda a partir do dia 30/04?
– A API 1.0 será desativada, ficando disponível a versão 2.0 e suas extensões.

– A partir da versão 2.0 o monitoramento em posts públicos por palavras-chave, não serão mais disponibilizados.

– Será possível monitorar ainda páginas e grupos abertos ou fechados.

E agora?
– O monitoramento de comportamentos dos usuários, tendências, necessidades e insights, continuará existindo no Facebook, porém, agora através do acompanhamento em páginas e grupos onde o usuário se expressa de forma muito legítima.

– Monitorar páginas e grupos traz mais precisão para sua busca, pois, os usuários estão focados em determinados assuntos, temas e produtos.

– A partir de um conjunto de análises e relatórios disponibilizados pelo Seekr com essas interações realizadas em páginas e grupos no Facebook, será possível avaliar cenários para tomada de decisão ainda de forma muito segura.

Sugestões Seekr:
– Até o dia 30/04 você pode continuar as buscas por palavras-chave no Seekr. Aproveite esse período para localizar as páginas que estão relacionadas ao tema de seu monitoramento.

[Neste caso, crie regras para estabelecer o tagueamento dessas interações para dividi-las em temas, assim,
você poderá mensurar como esses temas estão sendo abordados versus o ambiente de comunicação.]

– Cadastre as páginas localizados em seu monitoramento e os grupos encontrados pelo Facebook para acompanhá-las a partir do dia 30/04.

– Continue analisando o engajamento e posicionamentos das páginas e grupos cadastrados.

– Trace objetivos para seu monitoramento e veja como esse universo de informações contidas em páginas e grupos podem contribuir para tomadas de decisão.


Sim, essa mudança impactará em seu monitoramento, mas sua empresa não é assim frágil para esse impacto chegar em suas vendas. Foque agora em selecionar as páginas e grupos corretos que lhe trarão um bom retorno. Assim, você quase não sentirá essa mudança da API em seu monitoramento no Facebook, pelo contrário, ela será ainda mais certeira se selecionada criteriosamente com seus objetivos. E qualquer dúvida, deixa seu comentário no final desse post, ou entre em contato com a gente. 😉

 

 

    Responder

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    *

E aí, pronto para começar?

Insira seu e-mail comercial