Seekr Blog

A Seekr, assim como você, ama ficar ligada nas principais tendências das
redes sociais e aqui você encontra conteúdos sobre
relacionamento, monitoramento e atendimento nas mídias sociais.

Haters na web: onde vivem e do que se alimentam

Monitoramento - Publicado em 14 de Janeiro de 2016

Conhecidos na internet como aqueles indivíduos que só criticam nas redes sociais, os chamados haters (palavra de origem inglesa e que significa “os que odeiam” ou “odiadores” na tradução literal para a língua portuguesa) são os responsáveis pelo bullying virtual – tanto entre os usuários quanto na relação consumidor-marca.

Não se sabe ao certo o porquê deste comportamento, mas é percebido que os haters que invadem qualquer página digital de marcas são perfis falsos (aqueles que são criados apenas para não ser identificado mesmo) e sabem como influenciar outros consumidores com suas mensagens negativas.

Por isso mesmo você deve se preocupar com eles

Os danos e prejuízos que este perfil de consumidor (será que é um consumidor mesmo?) pode gerar para os negócios de uma marca são desde a perda de credibilidade até contaminar uma ação inteira de marketing, por exemplo. É comum o ataque aos produtos e aos fãs e consumidores da marca, armando um verdadeiro caos na página da marca – e nesses casos se faz necessário uma ação de monitoramento para alertar a marca do caso.

Mas não sabe como lidar com este tipo de público? Nós te ajudamos! Saiba lidar (e se dar bem) com os haters em 3 passos básicos:

Responda rápido

Nunca, em hipótese alguma, ignore-os. Seja ágil o suficiente para responder ao usuário em tempo razoável, antes que repercuta o caso (você não vai querer seu concorrente se aproveitando dessa situação, né?).

Não destaque suas críticas

A ideia é a mesma se você estivesse contornando uma crise nas redes sociais – o ideal é responder com educação e, se puder, levar para um local privado para resolver o problema, se for necessário.

Se desculpe

Desapegue do orgulho e seja humilde: o pedido de desculpas é sempre uma boa estratégia.

 

    Responder

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    *

E aí, pronto para começar?

Insira seu e-mail comercial