Seekr Blog

A Seekr, assim como você, ama ficar ligada nas principais tendências das
redes sociais e aqui você encontra conteúdos sobre
relacionamento, monitoramento e atendimento nas mídias sociais.

Geotargetting: tudo o que você precisa saber sobre este tipo de segmentação

Monitoramento - Publicado em 18 de Janeiro de 2016

Agrupar um conjunto de pessoas de acordo com determinadas características que sejam úteis para sua empresa é uma forma de estratégia de comunicação que visa acertar o público que deseja. Parece complicado, mas não é: a segmentação dos públicos é a maneira mais eficaz de atingir um público específico.

Um dos tipos de segmentação mais usado ultimamente é a segmentação por localização – ou, como é conhecido também, geotargetting. O geotargetting se refere à prática de entrega de conteúdo diferente para um usuário do site com base em sua localização geográfica, otimizando o tempo dos consumidores para o exato local que buscam. Ou seja, a praticidade para os consumidores é seu maior benefício.

Achou interessante? Veja as plataformas que já usam essa ferramenta:

Google

O próprio Google tem um sistema de geo-localização. Isso significa que toda vez que você procurar por locais na plataforma, o Google irá te mostrar primeiramente os que estão mais perto – o que facilita a vida de quem está buscando.

Spotify

Com a ferramenta Targeting Playlist, o Spotify facilita para as marcas no seu serviço de streaming: elas podem segmentar o público-alvo com base em quem eles são (idade e gênero, geografia, idioma), o que estão ouvindo (playlist, gênero) e quando e como eles estão ouvindo (hora do dia /dispositivo).

Além disso, ao iniciar a execução de uma playlist, os usuários podem sinalizar uma atividade ou humor, como malhar ou relaxar – isso fará com que as marcas segmentem ainda mais seus públicos.

Twitter

O serviço de geo-targeting do Twitter no Brasil é especial para os promoted tweets e promoted accounts. Nesses dois tipos de tweets, o usuário pode segmentar o público que receberá sua mensagem, permitindo que as marcas escolham suas audiências regionais, municipais ou do melhor jeito customizável que desejarem.

Snapchat

Os geofilters são filtros (praticamente adesivos na imagem ou vídeo) que se baseiam na localização do usuário, formando uma espécie de cartão-postal. A ideia do Snapchat é aproximar o público em sua maioria jovens das marcas e facilitando a prática de troca de mensagens – ao ver um geofilter na imagem de outro usuário, o consumidor identificará rapidamente onde o outro está no momento. Em resumo, é uma forma de check-in mais visual.

 

Leia mais

>> 4 alternativas de conteúdo para atrair mais clientes

 

 

    Responder

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    *

E aí, pronto para começar?

Insira seu e-mail comercial