Seekr Blog

A Seekr, assim como você, ama ficar ligada nas principais tendências das
redes sociais e aqui você encontra conteúdos sobre
relacionamento, monitoramento e atendimento nas mídias sociais.

20 dicas eficientes para sua pequena empresa entrar no digital

Gestão de Marca - Publicado em 16 de Junho de 2015

Texto traduzido especialmente para você. 😉

A maioria dos donos de pequenos negócios planeja muito tarde suas ações de marketing. São muitos os desafios, desde gerenciar os funcionários até manter os clientes satisfeitos, proprietários de pequenas empresas geralmente não têm tempo de criar e implementar campanhas de marketing que impulsionem o engajamento da sua marca, com captação de leads e aumento das vendas. Vivemos em uma era digital, vamos focar nas melhores estratégias de marketing on-line para pequenas empresas, que você pode e deve usar para promover e se posicionar no mercado, de maneira eficaz.

1. Inicie uma lista de e-mail marketing
Iniciar uma lista de e-mail marketing pode parecer difícil, mas realmente não é. Pense em todos os e-mails que você recebe de empresas e marcas, e depois pense sobre como eles conseguiram essa informação de você. É bem provável que tenha sido através de uma promoção on-line ou um formulário em um site onde você foi incentivado a se inscrever. Pois é, você tem que oferecer alguma coisa para obter esses contatos.

2. Use essa lista de e-mail marketing
O e-mail marketing é uma das maneiras mais rápidas e eficazes para impulsionar negócios. Pense nisso por um  segundo: você está entregando mensagens direcionadas, diretamente para as caixas de entrada de seus clientes! E ainda por cima está alcançando-os em seu dispositivo móvel, onde quer que eles estejam. Mais importante ainda, é uma estratégia totalmente gratuita e que pode entregar grandes resultados, desde que seus e-mails sejam envolventes e seu convite à ação (call to action) seja forte.

3. Concentre-se na experiência do usuário
Não importa se você é uma empresa de comércio eletrônico que vende meias da moda ou uma empresa de SaaS (software como serviço) tentando coletar dados e em seguida, convida o cliente para navegar em um site frio e de navegação complicada. Você já era. Pense no usuário: Será que o seu site torna mais fácil para localizar um produto ou serviço e, em seguida, comprá-lo ou tirar dúvidas? O usuário sempre vem em primeiro lugar e você precisa se colocar no lugar dele, tenha certeza de que o site é amigável.

4. Certifique-se olhar para o lado
Já que nós estamos falando sobre o seu site, ele não parece que foi feito nos anos 90, não é? A experiência do usuário é a prioridade, mas o projeto é tão importante quanto. Seu site deve apresentar imagens “full frame” e um visual moderno e limpo, que faça a sua empresa parecer como uma líder no segmento, mesmo que você seja uma startup.

5. Use as mídias sociais para se comunicar
Várias pessoas estão usando as mídias sociais para oferecer seus produtos e serviços para sua base de fãs, e isso pode ser definitivamente um desvio. Claro, as mídias sociais são uma maneira eficaz para impulsionar as vendas, mas você deve se concentrar em usar suas redes sociais para interagir com seus seguidores e se comunicar com eles. Faça perguntas e use esses feedbacks para desenvolver novos produtos e melhorar seus processos.

6. Não deixe o SEO cair no esquecimento
Há muitas coisas para se pensar quando você está desenvolvendo um plano de marketing, mas uma coisa que você não pode se dar ao luxo de deixar de fora é a otimização para mecanismos de busca, o famoso SEO. Como o Google realiza contínuas mudanças e melhorias no algoritmo, existe a necessidade de aderir a essas mudanças e otimizar seu site em conformidade com tais atualizações para que você conquiste e mantenha rankings orgânicos elevados.

7. Escreva excelentes conteúdos
O conteúdo é fundamental para o algoritmo de classificação do Google. Ele quer ver se seu site publica constantemente informativos e conteúdo educacional que seja significativo. Com todo mundo investindo mais esforços em conteúdo, você precisa ter certeza de que o seu envolve o leitor e proporciona algum tipo de valor. Não escreva um bom conteúdo, escreva um excelente conteúdo!

8. Faça com que seus fãs sintam-se especiais
Não há nada pior do que ser um consumidor e se sentir como se isso não importasse para uma marca, especialmente se você se considera fiel a essa marca. Se você quiser manter seus seguidores felizes e engajados, recompensá-los com sorteios, promoções e brindes para mostrar-lhes que você se importa e que o negócio não se trata só de vendas (mesmo que seja).

9. Use busca paga
A pesquisa paga, também conhecida como PPC (pay per click), pode ser uma estratégia complicada para muitos proprietários de pequenas empresas porque existe muito o que aprender. Desde CPCs e CTRs a taxas de conversão e índice de qualidade, o PPC pode ser confuso, mas se você trabalhar com um especialista ou contratar uma agência, a busca paga pode fazer maravilhas para o seu negócio. As técnicas de SEO podem levar meses até anos para chegar ao topo das buscas no Google, mas com busca paga, você pode estar no topo da primeira página dentro de poucas horas.

10. Tenha um Calendário Editorial
Nós falamos sobre a importância de produzir excelentes conteúdos, mas descobrir quando esses conteúdos devem ser publicados também é importante. Ter um calendário editorial manterá suas iniciativas de produção de conteúdo em ordem e irá garantir que você está servindo como referência de informações para seu pequeno negócio.

Gostou das dicas? Confira +10 sugestões para inserir sua empresa no digital.

 

 

    Responder

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    *

E aí, pronto para começar?

Insira seu e-mail comercial